Modelo Freemium

Freemium - O Analista de Modelos de Negocios

O Modelo Freemium funciona oferecendo um produto ou serviço digital gratuito como forma de atrair um alto volume de usuários, mas com o objetivo de convertê-los em usuários pagantes através de uma opção premium com mais recursos.

A palavra Freemium foi criada a partir da combinação das palavras Free + Premium e também é considerada uma estratégia de preço.

Curso Business Model Canvas

De um certo modo, ela é uma evolução do Antigo Modelo Freeware, usado por empresas de software desde a década de 80.

O Modelo Freemium é mais comum entre empresas de software as a service (SaaS), nas quais o custo marginal de produção e distribuição é muito pequeno, uma vez que o número de usuário que utilizam a versão gratuita (free) é a maioria absoluta.

O Modelo Canvas do Freemium

O Business Model Canvas do Freemium possui o seguinte padrão

Modelo Freemium - Business Model Canvas

Como o Modelo Freemium Ganha Dinheiro

Para ganhar dinheiro com o Modelo Freemium o custo de distribuição para todos os usuários (tanto free quanto premium) deve ser menor do que a receita gerada com os usuários premium.

Isso pode parecer simples no mundo digital, mas não é. O esforço para conseguir converter usuários gratuitos em usuários pagantes é muito grande.

O indicador de sucesso entre as empresas que adotam esse modelo é conseguir 5% de usuários pagantes. Qualquer valor acima deste, é um indicador de grande sucesso.

Forças e Fraquezas do Modelo Freemium

Forças – A oferta de uma opção free tem grande poder de atração de usuários pois motiva os usuários a usar o produto / serviço e a compartilhar o mesmo em sua rede de relacionamento, ajudando no marketing viral. É a mesma lógica do modelo Low Cost.

Fraquezas – É difícil encontrar o equilíbrio correto entre funcionalidades gratuitas e pagas, o que pode levar a empresa a uma baixa taxa de conversão de usuários gratuitos em usuários pagos.

Como obter Sucesso com o Modelo Freemium

Uma dica importante para conseguir obter sucesso com o Modelo Freemium é evitar uma estratégia conhecida como Crippleware, onde a estratégia usada é oferecer uma versão free piorada em relação a versão premium.

A opção gratuita deve ser completa e funcional, capaz de gerar valor e surpreender positivamente o usuário, enquanto que a versão premium deve ser um passo a frente com valor agregado ainda maior ao usuário.

Caso de Sucesso do Modelo Freemium

O Dropbox revolucionou a vida dos usuários de computador no mundo todo ao oferecer um serviço de armazenamento de dados na nuvem, permitindo que sincronizassem e compartilhassem pastas entre diferentes dispositivos.

De acordo com seu fundador, Drew Houston, a idéia surgiu depois de várias vezes esquecer seu pen drive quando estudava no MIT.

Ele começou a desenvolver uma tecnologia que resolvesse essa situação para si mesmo, mas depois percebeu que poderia beneficiar outros que tinham o mesmo problema.

O Modelo Freemium do Dropbox oferece uma conta gratuita de 2 GB e contas pagas de 50 GB, 100 GB, e uma conta de equipe de 350 GB.

A conta gratuita e a conta paga são idênticas em todos os aspectos, exceto para a quantidade de espaço de armazenamento oferecido.

Fornecer contas gratuitas para usuários custa muito dinheiro para Dropbox, mas este é o seu custo de marketing, uma vez que a gratuidade é a grande responsável pela atração dos usuários.

Outras Empresas que Adotam o Modelo Freemium

Conheça o Modelo de Negócio do Tinder e o Modelo de Assinatura.

Não deixe de ler meu artigo sobre as dificuldades de adotar este modelo publicado na Exame: Por que o freemium pode não ser o modelo ideal para sua startup

Curtiu? Compartilhe em suas redes sociais e deixe seus comentários abaixo! Dúvidas são bem vindas e serão respondidas assim que possível! 😉

Fontes
https://en.wikipedia.org/wiki/Freemium
http://market-found.com/flavors-freemium/
http://freemiumbusinessmodel.com/
Curso Business Model Canvas

5 thoughts on “Modelo Freemium

  1. Patricia Liden Kutxfara says:

    “O indicador de sucesso entre as empresas que adotam esse modelo é conseguir 5% de usuários pagantes. Qualquer valor acima deste, é um indicador de grande sucesso.”
    Porque 5% sobre a base de clientes e não 10% por exemplo? Esse número, 5% é resultado de alguma pesquisa estatistica baseada em conversão de leads?
    Abraço e Feliz Natal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RECEBA NOVIDADES NO SEU

EMAIL

Quer ficar por dentro das análises dos mais diversos modelos de negócios do planeta? Assine agora e não perca nenhum novo post!