Modelo de negócio do Shopify

Modelo de Negócio do Shopify

O Modelo de Negócio do Shopify é do tipo Software as a Service (SaaS) e Plataforma Multilateral, pois além de cobrar uma mensalidade e percentual sobre suas vendas pelo seu uso, sua plataforma de e-commerce também possui desenvolvedores oferecendo aplicativos que podem ser contratados para incrementar as lojas virtuais.

O Shopify é uma plataforma de e-commerce, que possibilita aos comerciantes venderem seus produtos por meio de uma taxa de assinatura mensal, bem como serviços adicionais fornecidos pela empresa.

Curso Business Model Canvas

Sua principal fonte de receita, teoricamente, é baseada nessas assinaturas. No entanto, no ano de 2018, o Shopify obteve mais de 50% de sua renda por meio de outra fonte, que eles chamam de “Merchant Solutions”, algo como “soluções para o comerciante”.

Segundo o próprio Shopify, sua missão é melhorar o comércio para todos, ajudando empreendedores de todos os tamanhos a alcançarem seu maior potencial nos negócios. Vamos verificar, portanto, qual é, de fato, o modelo de negócio do Shopify.

Como o Shopify ganha dinheiro

Shopify

O maior público do Shopify são empresas pequenas e médias. Para atendê-las, a plataforma conta com três planos de assinatura – todos com período gratuito de 14 dias para avaliação: Basic Shopify, Shopify e Advanced Shopify.

O Basic Shopify custa 29 dólares por mês. Oferece loja online com produtos ilimitados, suporte 24 horas por dia e venda via app. No entanto, são apenas duas contas de usuários, as taxas para pagamento via cartão de crédito são mais altas, e o desconto no frete é o mais baixo, por exemplo.

O Shopify, que é a assinatura intermediária é a faixa onde se concentra a grande maioria dos clientes da plataforma. São 79 dólares mensais, com cinco contas de usuários, taxas e descontos melhores do que o plano básico, mas um pouco mais caras ainda do que o Advanced.

O maior volume de vendas do Shopify, por sua vez, vem dos comerciantes que optam pelo plano mais completo, o Shopify Advanced, a um custo de 299 dólares por mês, com 15 contas de usuários, taxas mais interessantes, além de todas as opções de pontos de vendas e tudo o mais que a plataforma tiver para oferecer.

Além desses três planos regulares, ainda existe a opção do Shopify Plus dentro das ofertas do modelo de negócio do Shopify. Trata-se de um serviço voltado para clientes corporativos, com grandes volumes – e também responsáveis por impulsionar as vendas na plataforma.

O Shopify Plus não aparece na página de planos de assinatura padrão, por ser pensado para clientes empresariais, com um custo muito acima do que plano Advanced. Esse valor é estipulado via atendimento da equipe, a partir de análise caso a caso, mas, geralmente, parte de 2 mil dólares mensais.

A largura de banda da plataforma Plus permite que o Shopify lide com milhares de pedidos por minuto, sem sobrecarga. E as vendas podem ser realizadas internacionalmente, em diversos idiomas e por mais de 70 meios de pagamento.

O Shopify Plus é o plano de retenção mais alto e conta com marcas do calibre da Unilever, por exemplo. Em 2018, a base de contas corporativas era superior a 5.300.

Merchant Solutions

Shopify

As soluções para comerciantes, como comentado no início desse post, são serviços adicionais, oferecidos pela plataforma. Trata-se de funcionalidades ou serviços que melhoram a experiência com o Shopify pelas empresas comerciantes. Entre eles, estão:

  • Shopify Payments: é um serviço de processamento de pagamentos totalmente integrado, que permite aos empreendedores aceitarem e processarem cartões de crédito online e offline.
    Esse serviço representa a maior receita entre as Merchant solutions, com suas taxas de processamento de pagamentos. Isso porque, segundo o Shopify, dois terços de seus clientes ativam o Payments.
  • Shopify Shipping: oferece diversos parceiros de frete à escolha. O comerciante seleciona o parceiro e pode imprimir etiquetas de remessa, fazer devoluções, rastrear pedidos etc., tudo via plataforma do Shopify.
  • Shopify Capital: proporciona o crescimento dos negócios das empresas usuárias, por meio de capital de giro. Para tanto, o Shopify compra uma quantidade de recebíveis futuros ou então libera um empréstimo ao empreendedor. Para pagamento, o comerciante irá pagar uma porcentagem fixa de suas vendas diárias, até que o saldo esteja zerado.
  • Shopify POS: aplicativo para smartphone que permite a venda em local físico.

Além de aumentar o fluxo de receita para o Shopify – até mesmo superando as assinaturas – essas soluções comerciais melhoram a taxa de retenção de sua base de clientes, fortalecendo o negócio principal.

Como o Shopify funciona

Shopify

O Shopify define sua plataforma como um sistema baseado em nuvem, projetado para múltiplos usuários, com escalabilidade, confiabilidade, segurança e alto desempenho.

O primeiro passo para o novo comerciante que quer se inscrever na plataforma é avaliação gratuita de 14 dias. Para isso, ele só precisa informar dados de contato e responder algumas questões a respeito de sua empresa. Ainda não é solicitada a inserção de dados do cartão.

Durante esse período, o ideal é que sejam testadas todas as funcionalidades disponíveis, tais como campanha de marketing, design da loja, aplicativos, de forma a descobrir o que será necessário para seu empreendimento.

Então, após o período de 14 dias, o usuário poderá escolher o plano mais adequado, selecionar um layout definitivo para sua loja e incluir todos os seus produtos. Ele também irá eleger quais extensões e aplicativos serão agregados ao seu plano (são mais de 1500 opções).

Isso tudo, claro, em se tratando do usuário regular, dentre os três planos de assinaturas. O comerciante Shopify Plus adequa todo o seu e-commerce via atendimento na plataforma, já que se trata de uma situação diferenciada.

Pontos positivos e negativos do Shopify

Shopify

Primeiramente, o Shopify é fácil de usar. É bastante intuitivo, com design claro e de simples edição. Os clientes são capazes de configurar e gerenciar suas lojas de forma independente, sem precisar do suporte nem de conhecimento técnico prévio.

Também há uma bela variedade de temas a serem usados como layout para a loja. Todos são responsivos, adequando-se a qualquer dispositivo. E, para quem precisar de mais funcionalidades, há temas pagos para atender.

Além disso, uma das propostas de valor do Shopify é a sua própria identidade de reputação: a marca é líder em soluções de comércio eletrônico, tendo, portanto, um dos nomes mais conhecidos e reconhecidos do setor, especialmente no mercado norte-americano.

Outro benefício é seu investimento em tecnologia e inovação. O Shopify utiliza tecnologia e equipe próprias no desenvolvimento de tecnologias inovadoras para sua plataforma online.

Por fim, o lado negativo, para o segmento de clientes regular, são os custos. As despesas iniciais são baixíssimas, já que o primeiro plano de assinatura parte de apenas 29 dólares mensais. No entanto, os complementos são relativamente caros. Os planos básico e intermediário não incluem muitos recursos avançados. E o custo da adição de apenas três recursos pagos já costuma dobra a taxa mensal.

Modelo de Negócio do Shopify

O modelo canvas do Shopify segue a seguinte estrutura

Modelo de Negócio do Shopify - Business Model Canvas

 

 

Curso Business Model Canvas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RECEBA NOVIDADES NO SEU

EMAIL