Tipos de Modelos de Negócios

Modelo Paywall

Paywall - O Analista de Modelos de Negocios

O Modelo Paywall, também conhecido como muro de pagamento, é geralmente adotado por websites de grandes jornais e funciona ao bloquear o acesso ilimitado de notícias e artigos de quem não é assinante.

O Paywall é um modelo de negócio que surgiu como uma solução para a indústria de mídia impressa que vem sofrendo com perdas em suas vendas de exemplares e dificuldades de repor as receitas de publicidade impressa com receitas de publicidade online.

Mesmo com seus esforços, a publicidade online representa apenas de 10 a 20% do total das receitas de publicidade offline. O que gera um grande gap a ser preenchido. (update: esse gap vem sendo reduzido a passos largos)

Existem dois tipos de Paywall: o hard (pesado) e o soft (leve).

No Hard Paywall, sites não permitem qualquer tipo de acesso ao conteúdo sem o pagamento de um assinatura.

Já no Soft Paywall, também conhecido como Metered Paywall, sites permitem um número limitado de artigos gratuitos por mês. Cobrando apenas de quem acessa o conteúdo com grande frequência.

É justamente esse modelo mais leve o que vem sendo escolhido pela maioria das empresas de mídia. Inclusive aqui no Brasil, pelos maiores jornais do país: O Globo e a Folha de São Paulo.

Esse tipo de Paywall mais leve é considerado uma forma de aplicação do modelo Freemium.

Paywall O Globo Online

Exemplo do O Globo Online

Outro ponto interessante é que o Paywall tem sido utilizada por jornais para aumentar o número de assinantes de seus jornais impressos.

Por exemplo, ao assinar a versão online, jornais tem incluído entregas das edições do final de semana. Tudo no mesmo valor da assinatura online.

Afinal, isso também ajuda a recuperar o número de tiragem dos jornais e, portanto, recuperar as receitas com publicidade impressa.

O Modelo Canvas do Paywall

O Business Model Canvas de empresas que adotam o modelo Paywall possui o seguinte padrão

Modelo Paywall

O Modelo também é conhecido como metered model.

Como o Modelo Paywall Ganha Dinheiro

O Modelo Paywall ganha dinheiro adotando a cobrança de um valor mensal por uma assinatura que dá direito ilimitado ao conteúdo online do jornal (ou revista).

Forças e Fraquezas do Modelo Paywall

Forças – Trata-se de um modelo muito simples de implementar pois a tecnologia para criá-lo é amplamente disponível para quem já trabalha com sistemas de gerenciamento de conteúdo online (CMS).

Fraquezas – Clientes foram mal acostumados ao longo dos anos pelo acesso gratuito a este tipo de informação e reagem mal ao bloqueio / cobrança. Isso acaba por abrir oportunidades para novas fontes de conteúdo online gratuito.

O modelo também pode canibalizar as receitas de anúncios online, já que o número de pageviews é reduzido com a restrição de acesso aos não pagantes.

Como obter Sucesso com o Modelo Paywall

Para conseguir sucesso com o modelo Paywall empresas precisam adotá-lo com calma e observar atentamente as métricas de desistência (taxa de rejeição) e de engajamento.

Desta forma, será possível encontrar o momento certo de girar a chave para o modelo de cobrança, minimizando perdas e otimizando receitas.

Outro ponto que considero fundamental é que empresas também criem novos benefícios para os assinantes, para ir além da cobrança de um conteúdo que antes era totalmente de graça.

Entre os benefícios podem estar novos tipos de conteúdos e formatos, como vídeos, edições especiais, clubes de vantagens e etc.

Caso de Sucesso do Modelo Paywall

Em 28 de março de 2001, o site do New York Times passou a restringir a maior parte de seu conteúdo colocando-o atrás de um paywall.

Usuários que excedessem o limite de 20 artigos por mês passaram a ser obrigados a adquirir uma assinatura mensal da versão impressa ou online para continuar lendo seu conteúdo.

Com mais de um milhão de assinantes da versão digital e 1,1 milhão de assinantes da versão impressa (que também dá direito ao acesso digital), o NYTimes possui hoje mais assinantes do que jamais teve em seus 164 anos de existência.

Apesar dos mais de 2 milhões de assinantes, o NYTimes possui mais de 57 milhões de visitantes únicos por mês, o que demonstra que a grande maioria de sua audiência ainda não paga pelo acesso ilimitado.

Se considerarmos que o Paywall é uma variação do Freemium, posso afirmar que 2 milhões de assinantes é um percentual bem próximo do sucesso de conversão (5% é o padrão ideal, segundo o mercado).

O que significa que o New York Times esta no caminho certo de monetização com esse novo modelo.

Outras Empresas que Adotam o Modelo Paywall

Curtiu? Compartilhe em suas redes sociais e deixe seus comentários abaixo! Dúvidas são bem vindas e serão respondidas assim que possível! ;-)

Fontes
https://en.wikipedia.org/wiki/Paywall
http://www.theguardian.com/technology/2011/jun/06/monday-note-paywalls-metered-model
http://www.wan-ifra.org/articles/2015/05/18/metered-paywall-emerges-as-rising-star-of-publisher-business-models-0
Resumo
Modelo Paywall
Nome do Artigo
Modelo Paywall
Descrição
O Modelo Paywall (muro de pagamento) é geralmente adotado por grandes jornais em seus websites e funciona ao bloquear o acesso ilimitado de notícias.
Autor
Editor
O Analista de Modelos de Negócios
Logo
Daniel Pereira
Daniel é maluco por negócios e não consegue deixar de usar o Business Model Canvas para analisar os mais diversos tipos de Modelos de Negócios. Ele é o Analista de Modelos de Negócios
Você também pode gostar...
Modelo de Negocio de Assinatura de Consumiveis
Modelo de Negócio de Assinatura de Consumíveis
Modelo de Negocio Aberto
Modelo de Negócio Aberto
1 Comentário

Deixe o seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Seu Site