Modelo de Negócio do Uber

Uber - O Analista de Modelos de Negócios

O Modelo de Negócio do Uber é do tipo Plataforma Multilateral por conectar motoristas a pessoas que precisam de transporte privado sob demanda. Desta forma, a empresa oferece uma rede de transportes formada por um conjunto de motoristas e passageiros conectados pelo seu aplicativo mobile.

Criado em 2009, o Uber nasceu de uma visão de seus fundadores, Travis Kalanick e Garret Camp, que imaginaram um serviço onde era possível chamar um carro com motorista particular com apenas um toque na tela do celular.

Curso Business Model Canvas

Desde os primeiros dias, a empresa esteve envolvida em confusões juntos a secretaria de transportes de diversas cidades que questionavam a legalidade de suas atividades.

Apesar das dificuldades a empresa superou os obstáculos jurídicos com o apoio de uma grande massa de usuários satisfeitos com um serviço de qualidade muito superior em comparação aos táxis convencionais.

Desde então, a empresa expandiu para 130 cidades, em 58 países diferentes, e criou uma série de serviços derivados de sua oferta principal, como o UberX, Uber Pool, entre outras.

O Uber é considerado uma das Startups Unicorns pelo seu valor de mercado de 68 bilhões de dólares. O que a tornar mais valiosa do que gigantes do setor automobilístico como Chevrolet, Ford e Honda.

Aqui entre nós, este é um valor de mercado exagerado e difícil de conseguir comprovar. Mas ainda assim, não deixa de demonstrar a popularidade e força que a empresa possui no mercado empresarial.

O Business Model Canvas do Uber

Veja abaixo como é o modelo canvas do Uber

Modelo de Negócios do Uber

Como o Uber Ganha Dinheiro

O Uber ganha dinheiro cobrando uma comissão de 20% sobre o valor da corrida. Ou seja, em uma corrida de R$ 50,00, o motorista fica com R$ 40,00 e o Uber com R$ 10,00.

Mas existem mais dois pontos interessantes sobre como o Uber ganha dinheiro:

O primeiro é que ele não permite que pagamentos sejam feitos diretamente aos motoristas. Clientes pagam pela corrida através de um cartão de crédito cadastrado no aplicativo. Cabe o Uber processar o pagamento e transferir o dinheiro ao motorista. Isso garante comodidade aos passageiros e aos motoristas que não precisam ter troco. Isso também evita problemas jurídicos. (Update: essa situação mudou no Brasil, onde atualmente é possível pagar em dinheiro, mas com base no valor calculado pelo aplicativo)

Outro ponto é que o Uber possui um sistema de tarifa variável na qual incide um multiplicador com base na oferta e demanda. Isso faz com que em um momento de alta demanda (ex: horário do rush ou dia chuvoso) a tarifa do Uber pode ficar de 1,5 a até 30 (ou mais) vezes mais cara.

O que na minha opinião é muito legal e não representa nenhum abuso, uma vez que ninguém é obrigado a usar o Uber com esse preço. Cabe cada um julgar se sua urgência de transporte naquele horário faz jus a tarifa mais cara. (update: motoristas aprenderam como manipular esse preço dinâmico, mas a Uber já esta fazendo ajustes para punir e evitar isso)

Outras Empresas que Adotam Modelos Semelhantes ao Modelo de Negócio do Uber

Curtiu? Compartilhe em suas redes sociais e deixe seus comentários abaixo! Dúvidas são bem vindas e serão respondidas assim que possível! 😉

Curso Business Model Canvas

22 thoughts on “Modelo de Negócio do Uber

  1. misael says:

    Tenha uma certa duvida sobre a UBER como funciona a receita? Eles pagam impostos em cima do valor total da corrida?

  2. Maria says:

    Uma dúvida… Como a uber recebe os pagamentos… Calcula sua % e repassa ao motorista… Legalmente a uber emite uma nota fiscal para justificar a transferência ao motorista… Ficando a uber na NF como prestador de serviço?

    • Daniel Pereira says:

      Oi Maria, o Uber usa um sistema de pagamento que faz o split-payment (divisão do pagamento) que ao receber do cartão de crédito já paga o percentual do motorista e do uber em separado.

  3. RAPHAELA says:

    Uma questão: A Uber se encaixa no conceito de Intermediadora de negócios? Se não, que tipo de negócio seria?

    • Daniel Pereira says:

      Oi Rafael, tudo bem? O aplicativo do Uber é o responsável por calcular o valor da corrida e apresentar isso tanto para o motorista quanto para o cliente. Então, uma vez que uma corrida é finalizada, o seu valor é registrado no aplicativo e cobrado do motorista, geralmente em uma próxima corrida paga com cartão. Entendeu?

  4. Ana says:

    Olá, tudo bem?
    Como você sustentaria a adequação do modelo de negócios do UBER de acordo com a legislação brasileira vigente?

    • Daniel Pereira says:

      Oi Ana, tudo bem e você? Olha, não sou advogado e existem dezenas de artigos sobre isso na internet. Mas pelo o que eu sei por alto, o Uber se classifica como “carona remunerada” que é algo legal no Brasil.

  5. Amanda says:

    Olá Daniel, tudo bem?

    Não consigo entender como o Uber monetizou para os clientes pagarem em dinheiro. Os motoristas precisam prestar conta ao final da semana? Como acontece isso? Existe algum método que eles usem para não serem “roubados” já que existe a possibilidade de o motorista não prestar conta?

    Estou construindo um app e preciso entender melhor essas partes de monetização através do dinheiro ( tbm serei intermediadora)

    • Daniel Pereira says:

      Oi Amanda, é muito simples: as corridas são registradas e calculadas via aplicativo, onde fica tudo registrado. Assim o motorista ou paga o que deve ao Uber ou é expulso.

  6. Flávio says:

    Boa noite, existe a possibilidade de eu adquirir alguns carros e cadastrar motoristas para conduzi-los usando o sistema da UBER?

  7. Marcelo Oliveira de Assis says:

    Boa noite Daniel, estou fazendo um trabalho sobre a Uber e queria informações sobre a técnica de apreçamento da Aber, não somente para seus passageiros, mas o calculo final que gerará lucro liquido pra empresa. Alem disso preciso de informações sobre parceria, como por exemplo: a parceria deles é somente com motoristas e usuários? por ultimo as técnicas de negociação e/ou venda de seus produtos “viagens”.
    Tem alguma fonte de pesquisa?

  8. Daniel Gonzaga says:

    Tenho uma dúvida em relação ao início dos serviços do Uber, pois eles dependiam de motoristas cadastrados para o serviço funcionar, que dependiam de usuários para usar o serviço. Como eles equalizaram esse problema?

    • Daniel Pereira says:

      Oi Daniel, tudo bem? Esse é o chamado problema do ovo ou da galinha encontrado em plataformas multilaterais. O certo é começar nutrindo a parte da oferta (no caso do uber, os motoristas) para que então depois se vá atrás da demanda. No caso do Uber, eles foram atrás dos motoristas de carros pretos que eram taxis especiais / executivos que já ficavam parados em portas de hotéis. Então passar a aceitar corridas passou a ser um bom negócio para alguns que estavam em dias de pouco movimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RECEBA NOVIDADES NO SEU

EMAIL

Quer ficar por dentro das análises dos mais diversos modelos de negócios do planeta? Assine agora e não perca nenhum novo post!