Modelo de Negócio da Zara

Modelo de Negócio da Zara

O Modelo de Negócio da Zara é conhecido como Fast-Fashion pois se baseia em duas estratégias fundamentais: armazenar menos mercadorias e atualizar suas coleções com frequência.

Desde sua fundação em 1975 na cidade de Coruña no nordeste da Espanha, a Zara trabalhou para ganhar novos clientes de praticamente todas as idades em cada continente ao redor do mundo. Hoje em dia, sua rede opera mais de 2.000 lojas em 88 cidades por todo o planeta.

Curso Business Model Canvas

A Zara revolucionou o mundo da moda ao lançar um grande número de coleções a cada temporada, ao invés do tradicional lançamento de duas coleções a cada ano – uma para primavera-verão, e outra para outono-inverno – o que tem sido a norma da indústria da moda.

A Zara, na verdade, criou um novo padrão para o setor porque ela desenha, produz, distribui e vende suas coleções em apenas quatro semanas; um período curto recorde para levar em consideração quando comparado aos seus concorrentes que levam muitos meses para fazer o mesmo processo.

O processo-chave da Zara se baseia na habilidade de sintonizar os gostos pessoais dos clientes para oferecer a eles novos produtos antes que eles os peçam. Para fazer isso, mais de 200 designers trabalham em seu escritório central na Espanha coletando constantemente informação sobre decisões feitas em cada uma das lojas da empresa. Eles também monitoram e analisam cada tendência, que observam na ruas e em shoppings ao redor do mundo, em busca de inspiração para desenhar suas criações.

Designers - Modelo de Negócio da Zara

Além do processo de design, a produção e logística da Zara acontece dentro da própria empresa (nada é terceirizado). A vantagem dessa abordagem é dar à Zara muita flexibilidade para adaptar as últimas preferências dos clientes.

O Modelo de Negócios da Zara é uma dos melhores que a indústria varejista já viu. Enquanto a maioria dos grandes varejistas como a GAP estão lutando em muitos países onde possuem operações, o modelo de negócios da Zara está lhe dando retornos maravilhosos, com crescimento anual em torno de 20% na maior parte dos segmentos (Store X Store, QoQ etc).

Mas antes de conhecer o modelo de negócios exato da Zara, nós precisamos saber sobre um conceito da indústria da moda: o FAST FASHION (semelhante ao FMCG – Fast Moving Consumer Goods – produtos vendidos rapidamente a baixo custo).

Fast Fashion & Modelo de Negócio da Zara

Fast Fashion: Semelhante ao FMCG – essa moda vem e vai. Principalmente direcionada para o público de adultos jovens e de meia idade, inclui artigos que nunca saem de moda – simplesmente saem de estoque!

A suposição básica aqui é que um cliente da Zara que compra uma roupa em estoque nunca a usará mais de 6-8 vezes para sair. Assim, a fabricação feita de tal forma que ela mantém a qualidade por 2 a 3 meses, tempo suficiente para que o cliente esteja de volta na loja – até esse momento a coleção inteira sofreu mudanças e assim clientes compram um peça do novo estoque e o ciclo continua.

O Fast Fashion também significa que a natureza da transação de compra é altamente impulsiva, porque clientes sabem que o que estão vendo hoje pode não estar em estoque nos próximos 15 dias – então se gostarem disso ao ponto de querer comprar mais tarde precisam comprar agora.

Estratégia Empresarial da Zara na Produção e Abastecimento

H&M, Forever 21, Topshop e Primark também são pioneiras do Fast Fashion, mas há algo no modelo de negócios da Zara que o catapultou de zero ao topo e o resto das empresas de fast fashion permaneceram onde estão ou estejam diminuindo. Tudo se resume à sua excelente estratégia e ao modelo de negócios muito ágil da Zara.

A equipe de designers da Zara cria 12 mil modelos diferentes para venda em suas lojas (isso é um grande número itens em estoque).

As fábricas são de propriedade da empresa e são capazes de deixar peças prontas para venda em suas lojas em todo o mundo dentro do prazo médio de aproximadamente uma semana (aproximadamente 15 dias até chegar à loja).

As roupas, chegam aos armazéns da Zara na Espanha, de onde o material é despachado para as lojas ao redor do planeta.

Eles fazem isso em um loop contínuo:

  1. Observar as tendências mais recentes baseadas na moda, clima etc.
  2. Fazer o design
  3. Produzir em fábricas
  4. Enviar às lojas
  5. Vender para o consumidor e REPETIR.

Estratégia Empresarial da Zara no Posicionamento

O modelo de negócio da Zara gasta perto de ZERO em PUBLICIDADE DIGITAL. Eles regularmente fazem postagens patrocinadas de curta duração de algum de seus designs até que colete massa viral e depois se espalhe por conta própria. Eles têm os seguintes componentes de estratégia comercial vital.

Estratégia de negócios Fast Fashion da Zara: o Fast Fashion da Zara não é aquele modelo de produção chinesa de itens copiados. Ela tem um incrível sistema de observação de tendências globais desde o nível mais baixo de funcionários para alterar e melhorar rapidamente suas linhas de roupas existentes. O novo design é então enviado para fabricantes da Ásia e da Europa que transformarão esse feedback em uma nova linha de roupas prontas para vender dentro de uma semana.

Estratégia de negócios Zara para Cadeia de Suprimentos

a Zara não terceiriza nada para os fabricantes chineses. Com a disponibilidade de mão-de-obra mais barata espanhola, asiática e do Oriente Médio, a Zara pode colocar suas novas mercadorias nas lojas dentro de uma semana.

A Zara foca em itens de moda rápida que estão sendo produzidos na Espanha e região (para reduzir o tempo de resposta) e na terceirização de produtos com maior prazo de validade para mercados de trabalho mais baratos.

Estratégia de negócios Zara de Frente de Loja

algumas pessoas inteligentes do Burger King sabiam que o McDonalds havia investido milhões pesquisando os melhores locais com maior circulação de consumidores para colocar suas operações de fast food.

Assim, em vez de investir em dinheiro, o Burger King decidiu abrir novas lojas – ao lado do McDonalds. Da mesma forma, a Zara paga aluguéis a taxas mais por lojas adjacentes às marcas de roupas de luxo.

Loja - Modelo de Negócio da Zara

Na realidade, na Zara é tudo sobre o timing. Seus produtos somem de suas prateleiras porque a Zara os produz por si só e continua a fabricar os produtos que vendem melhor dentro de suas lojas.

Como resultado, “os clientes da Zara sabem que, se gostam de uma peça de roupa, têm que comprá-la imediatamente, porque ela pode sair de estoque e nunca mais voltar”, diz Nueno.

Outro dos pontos fortes do modelo de negócios da Zara é que ela tem temporadas de produção limitada e uma alta rotatividade de produtos; eles mudam a cada 15 dias. Assim, a Zara consegue economizar em seus custos de armazenagem e inventário em todas as lojas ao redor do mundo.

Esse tipos de economia é muito importante para qualquer negócio, não apenas por causa da economia monetária em si, mas porque, se o negócio sabe muito bem quais itens vai vender, ele consegue reduzir seus riscos.

O mais extraordinário disso tudo é que o sucesso da Zara foi alcançado sem recorrer a nenhuma campanha publicitária. Para divulgar a empresa, ela depende do boca a boca e de seus pontos de venda de referência em locais de alto padrão, como a Quinta Avenida, em Nova York, e a Oxford Street, em Londres.

Tudo depende de levar as pessoas a falar sobre sua marca. Quando se trata de vencer a concorrência, a Zara acredita que é vital ter os ouvidos bem abertos para as necessidades e perspectivas de seus consumidores.

O maior risco para a Zara é que os produtos que ela cria mais rapidamente do que outros varejistas não encontrem mercado; que eles não se encaixem nos gostos atuais dos compradores.

A vantagem da empresa é “sua capacidade de adaptação”. Por exemplo, antes de entrar no mercado, a Zara analisa os gostos das pessoas, juntamente com as tendências atuais, e adapta seu estilo para cada país.

Esta abordagem permitiu que a Zara se tornasse uma vencedora no Oriente Próximo (países da Ásia Ocidental como Armênia, Irã e Iraque), onde adaptou suas ofertas a uma cultura diferente, na qual saias longas e roupas luxuosas são atraentes.

Hoje em dia, parece que nenhum de seus principais concorrentes – os fabricantes dos chamados itens ‘fast fashion’ que são rapidamente desenhados e vendidos a partir das últimas tendências da moda –, incluindo H&M da Suécia, Mango da Espanha e The Gap dos Estados Unidos, têm um modelo mais flexível e eficiente que o da Zara quando se trata de oferecer o que há de mais moderno em moda, com o menor preço e no menor tempo possíveis.

Quanto tempo isso vai durar? O mundo competitivo do varejo pode ser inconstante. A Zara, sem dúvida, continuará a avaliar seu modelo de negócios e, se necessário, irá ajustá-lo para atender às novas necessidades de seus clientes.

O Business Model Canvas da Zara

O modelo canvas da Zara possui a seguinte estrutura

Modelo de Negócio da Zara - Business Model Canvas

Como a Zara Ganha Dinheiro

O modelo de negócios da Zara é impecável em termos de design e eficiência, o que leva a sua imensa economia de custos. E a estratégia de negócios da Zara em termos de posicionamento como uma marca premium também a ajuda a ganhar tração significativa com os compradores de classe média do país.

Atualmente, o registro contínuo de sucesso da Zara é traduzido em seus números de vendas. Em 2014 – os números mais recentemente publicados – as vendas da Zara alcançaram 11,594 bilhões de euros, ou 13,073 bilhões de dólares, um aumento de 7% em relação ao ano anterior.

Outras Empresas com o mesmo Modelo de Negócio da Zara

 

Fontes:
https://www.businessinsider.com/zara-has-the-best-business-model-2015-12
https://kwhs.wharton.upenn.edu/2016/02/zaras-fast-fashion-business-model/
https://unicornomy.com/zara-business-model-business-strategy/
Curso Business Model Canvas

2 thoughts on “Modelo de Negócio da Zara

  1. Vivian says:

    Daniel, tudo bem? parabéns!! gosto muito dos seus conteúdos. Sobre o modelo de negócios da Zara, o diferencial está na qualidade da gestão da logística, desde da concepção e produção do produto até sua distribuição, correto?

    • Daniel Pereira says:

      Oi Vivian, tudo bem? Legal saber que você curte o conteúdo! Sim, a Zara tem dois diferenciais: a capacidade de perceber novas tendências da moda (trend watching) e lançá-las muito rapidamente (logística).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RECEBA NOVIDADES NO SEU

EMAIL

Quer ficar por dentro das análises dos mais diversos modelos de negócios do planeta? Assine agora e não perca nenhum novo post!