Modelo de negócio da Warren

Modelo de Negócio do Warren

O Modelo de Negócio da Warren é do tipo corretagem de negócios. A Warren é uma fintech brasileira cujo objetivo é ajudar o cliente a investir da maneira mais simples e transparente possível. Warren é o nome do robô interativo com quem você conversa ao acessar o app da startup. Por meio dessa conversa, o aplicativo consegue definir o seu perfil de investidor e montar uma proposta que se encaixe nesse perfil.

A empresa, com sede em Porto Alegre, é bastante jovem – nasceu em 2014 – mas promete uma revolução no ramo de consultoria de investimentos, por meio de uma plataforma intuitiva e com as taxas mais baixas do mercado.

Curso Business Model Canvas

Conheça um pouco melhor o modelo de negócio da Warren.

Como funciona a Warren?

warren

Para começar a investir com a Warren, a primeira coisa que você precisa fazer é baixa o aplicativo e “conversar” com o robô – o Warren. Ele irá fazer algumas perguntas simples, para entender sua disposição em arriscar, seu conhecimento sobre investimentos e outras coisas do gênero.

Após, você irá definir qual seu objetivo com as aplicações, que variam entre:

  • Emergência: para quem busca uma reserva rápida e mais imediata, de até uns três anos.
  • Renda mensal: para quem quer garantir uma renda mensal no futuro.
  • Meta: para quem tem um objetivo definido, seja em tempo ou em valor.
  • Livre: para quem apenas tem interesse em começar a investir, baseado em um valor mensal disponível.

Em todos os casos, o Warren irá informar o valor inicial e a quantia mensal ideais para que você consiga alcançar o seu objetivo. Baseado nisso e no perfil desenhado inicialmente, o robô irá sugerir opções de investimento que combinem com você.

Por exemplo, se você tiver um perfil mais cuidadoso e/ou não puder correr o risco de perder dinheiro, provavelmente o Warren indicará fazer um investimento 100% em renda fixa, ou algo como 95% em renda fixa e apenas 5% em ações – que são mais flutuantes.

Mas se você estiver disposto a se aventurar nos investimentos, por exemplo, ele pode oferecer um investimento de 66% em renda fixa e os outros 34% em ações. Tudo baseado nessa análise inicial. E você pode ter mais de um objetivo, inclusive, até mesmo compartilhá-lo com outro usuário.

De qualquer forma, o Warren não “escolhe” o plano de investimento para você. Ele apenas lhe dá sugestões. No fim das contas, você é que irá definir quanto investir mensalmente, bem como os prazos e fundos. Feito isso – e feito o depósito –, o app irá destinar seu dinheiro da melhor forma dentro da opção escolhida, observando o histórico dos rendimentos de cada fundo.

Em resumo, você é responsável simplesmente por dizer o que você quer e quanto quer gastar. O restante, o Warren faz sozinho. E, caso surja alguma dúvida durante todo o processo, você pode conversar com a equipe de atendimento via chat ou e-mail.

Trata-se, portanto, de uma alternativa bastante interessante para o novato que quer começar a investir, mas não sabe por onde começar. Principalmente porque o capital mínimo investido é de somente R$ 100,00 – o risco é muito baixo.

Como surgiu a Warren?

warren

A ideia veio com Tito Gusmão, em 2014. Ele morava em Nova Iorque e trabalhava em meio a empresas de inovação. Então, ele pensou em criar uma plataforma para investimentos, mas queria desenvolver algo mais “humano” do que as opções correntes no mercado.

Por isso que o app nasceu com nome e tudo: para humanizar o processo. Dessa maneira, é como se o usuário estivesse conversando com um especialista – o Warren.

Com o objetivo em mente, Tito buscou um programador – seu irmão André Gusmão – e um designer – Rodrigo Grundig. O primeiro protótipo ficou pronto em alguns meses e foi apresentado em uma das maiores feitas de empreendedorismo dos Estados Unidos, a Collision.  Ali, o Warren foi eleito uma das 10 startups mais promissores – o evento contava com mais de 500.

O projeto, por fim, tomou forma com a integração de Macelo Maisonnave (ex-XP investimentos) ao grupo. Ele queria investir em um novo negócio e sugeriu começar aqui no Brasil. Dois anos e 15 milhões de reais depois, a Warren aparecia no mercado.

Como a Warren ganha dinheiro?

warren

A fonte de receita da Warren é exclusivamente uma taxa de 0,4% ou 0,5% ao ano (depende do plano contratado) que cada usuário paga pela gestão ativa de seus investimentos. Essa “comissão” é quatro vezes menos do que a média do mercado.

A cobrança desse percentual é feita sobre o valor total do portfólio. Diariamente, a Warren calcula essa taxa sobre o valor investido e cobra o correspondente no quinto dia útil do mês seguinte, ou sempre que um resgate de investimento for efetuado.

Atualmente, a Warren trabalha com três planos de adesão, Pink, Black e Ultra Black. Todos eles oferecem acesso aos fundos de investimentos da Warren e mais de 300 fundos de outras gestoras do país e produtos de renda fixa.

A diferença é que, no Pink, o investimento é de até 100 mil reais, o Black vai de 100 mil a um milhão, e o Ultra Black passa de um milhão. Então, os planos Black e Ultra oferecem mais opções de investimento, devido ao capital envolvido. Também por causa das quantias, no Pink, a taxa cobrada pela Warren é de 0,5% ao ano, enquanto nos dois planos superiores é de 0,4%.

Além disso, o plano Black conta com atendimento VIP e o Ultra com um profissional dedicado. Os clientes Black também têm 50% de desconto em qualquer evento Warren (são mais de 150 por ano) e os clientes Ultra Black, gratuidade em todos eles.

Afora essa renda mensal regular, a Warren também anunciou seu primeiro aporte no primeiro trimestre de 2019. Foram 25 milhões de reais, liderado pelo fundo americano de venture capital Ribbit, e com participação do KaszeK Ventures e Chromo Invest.

Modelo de Negócio do Warren

Veja o Modelo de Negócio do Warren desenhado no Business Model Canvas

Modelo de Negócio da Warren Business Model Canvas

A Warren hoje

warren

Até o momento, a fintech atende a uma base de 50 mil clientes e gerencia cerca de 300 milhões de reais. Ela também está testando produtos B2B.

A Warren pretende dobrar a clientela até o final deste ano e alcançar 200 parceiros B2C, a fim de saltar sua gestão para 1,3 bilhão de reais. Nessa perspectiva, em 2020 esse valor chegará a 5 bilhões. A empresa também conta com 120 funcionários e quer ampliar para 200, com o investimento recebido.

Quanto à concorrência, a Warren enfrenta nomes como Magnetis e Vérios, mas nenhuma dessas possui corretora própria.

 

Curso Business Model Canvas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RECEBA NOVIDADES NO SEU

EMAIL

 
Quer ficar por dentro das análises dos mais diversos modelos de negócios do planeta? Assine agora e não perca nenhum novo post!