Modelo de Negócios do QuintoAndar

Modelo de Negócio do QuintoAndar

O Modelo de Negócio do QuintoAndar é do tipo plataforma multilateral, pois conecta proprietários de imóveis a locadores, agregando valor a ambos os lados com uma série de estratégias que veremos a seguir.

QuintoAndar é, em suma, uma plataforma de aluguel de imóveis, cujo objetivo é reduzir a burocracia do sistema de locação, a fim de facilitá-lo tanto para inquilinos quanto para proprietários.

Curso Business Model Canvas

Criada em 2012 por André Penha e Gabriel Braga, a startup já é um dos unicórnios brasileiros, com uma avaliação que ultrapassa o bilhão de dólares. Vamos conhecer um pouco mais sobre o funcionamento do modelo de negócios do QuintoAndar, portanto.

Como o Modelo de Negócio do QuintoAndar funciona?

Atualmente, o foco do QuintoAndar está somente na locação residencial. A plataforma funciona como uma mediadora entre locadores e locatários e atualmente presta seu serviço em 23 cidades do Brasil, todas nas regiões Sul e Sudeste do país.

O site do QuintoAndar apresenta opções de imóveis que estão disponíveis para locação de acordo com a busca do usuário interessado em alugar um imóvel. Os anúncios são verificados, com fotografias e imagens 360°. Então, a pessoa interessada pode agendar uma visita online.

Havendo negócio, o futuro inquilino passará por uma análise de crédito realizada pelo QuintoAndar. Não há fiador nem depósito antecipado, como acontece com os contratos de imobiliária. Por fim, o contrato é digital, fechado diretamente com o proprietário e assinado também digitalmente, usando assinatura eletrônica.

Modelo de Negócio do Quintoandar

A análise de crédito efetuada pela startup é baseada em informações fornecidas pelo próprio usuário somadas a algoritmos e estatísticas elaboradas pela startup que, segundo ela mesma, é um método altamente eficaz, diminuindo em muito a chance de inadimplentes.

Se houver alguma pendência por parte do inquilino durante o período contratado, o QuintoAndar assegura o pagamento ao proprietário do imóvel e entra em contato com o locatário inadimplente. E essa regra vale por todo o tempo em que o contrato estiver ativo.

Além disso, o QuintoAndar oferecer uma proteção de até 50 mil reais quando do encerramento do contrato. Esse valor serve para cobrir eventuais reparos que possam se fazer necessários após a saída do inquilino do imóvel.

Quanto ao inquilino, basta enviar todos os documentos na fase de avaliação de crédito. Caso aprovado, não há necessidade de qualquer garantia ou seguro. Porém, há a opção de pagar por um seguro locação, que aumenta o acesso do cliente aos imóveis disponíveis na plataforma.

Como o QuintoAndar ganha dinheiro?

A fonte de receita do QuintoAndar é basicamente a mesma das imobiliárias: a empresa fica com o valor do primeiro mês de aluguel e, após, exige um seguro locação de 8% por mês, sobre o valor da locação. Os demais 92% são repassados ao proprietário.

A diferença é que, enquanto as imobiliárias costumam exigir uma porcentagem de cerca de 10% a 13% sobre o valor da locação, a startup pede somente 8%. Segundo representantes da própria startup, isso é possível porque, sendo uma empresa de tecnologia, o modelo de negócios permite taxas mais acessíveis, já que os custos envolvidos são menores.

Além disso, é sabido que, para viabilizar o estabelecimento e funcionamento da empresa, houve investimento externos. A quarta rodada – a mais recente – aconteceu no final de 2018, com uma quantia de 250 milhões de reais, realizada pelo fundo de private equity americano General Atlantic. As captações anteriores somavam quase 21 milhões de dólares.

Vantagens Competitivas do QuintoAndar

Entre as vantagens do modelo de negócios do QuintoAndar estão:

  • Quanto menos burocracia, melhor. A startup lança mão de diversas funcionalidades para evitar a burocracia envolvida na locação de um imóvel residencial, incluindo contrato digital com assinatura eletrônica – o que evita as idas ao cartório – e ausência de fiador e cheque-caução.
  • Fotografias profissionais. O site conta com fotógrafos profissionais para catalogar os imóveis, o que permite uma visualização mais realista do local, sem precisar visitá-lo.
  • Comodidade. É praticamente tudo feito pela internet. Inclusive o agendamento de visitas aos imóveis é realizado online. Basta clicar em um botão dizendo que quer visitar e, automaticamente, aparecem os horários disponíveis para agendamento. Além disso, as dúvidas podem ser respondidas via WhatsApp!
  • Segurança. O proprietário sempre recebe, ainda que o inquilino esteja inadimplente. Além disso, o site intermedia todas as conversas e negociações que locador e locatário possam vir a ter, quanto a reformas e questões semelhantes.

O QuintoAndar já está sendo chamado de “o Uber dos aluguéis”. Ainda que os modelos de negócios das startups sejam bastante diferentes, a comparação acontece porque ambas utilizam a tecnologia com o intuito de reduzir a burocracia e simplificar a vida tanto dos usuários quanto dos prestadores de serviço. Além disso, alguns acreditam que a startup será para as imobiliárias a mesma ameaça que a Uber é para os táxis.

Fato é que, enquanto muitos duvidam a longevidade e sustentabilidade do modelo de negócios do QuintoAndar, a empresa segue em crescimento, com mais de 450 funcionários, planos de expansão e, claro, 1,1 bilhão de valuation!

Business Model Canvas do QuintoAndar

Veja abaixo o modelo de negócio do quintoandar desenhado no business model canvas

Modelo de Negócio do Quintoandar

Curso Business Model Canvas

2 thoughts on “Modelo de Negócios do QuintoAndar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

RECEBA NOVIDADES NO SEU

EMAIL

Quer ficar por dentro das análises dos mais diversos modelos de negócios do planeta? Assine agora e não perca nenhum novo post!