Modelo de Negócio de Servitização ou Product-Service-System (PPS)

Modelo de Negocio de Servitização

O Modelo de Negócio de Servitização ou Sistema-Produto-Serviço, em inglês Product-Service-System (PSS), oferece uma combinação de produtos e serviços capazes de atender, em conjunto, as necessidades de um usuário. Em um formato mais extremo, as empresas vendem a função do produto em vez do próprio produto em si.

A adoção da Servitização foi em grande parte motivada pela necessidade de empresas manufatureiras tradicionais (fabricantes de produtos) de inovar frente a um mercado em constante mudança e com crescente aumento da comoditização de seus produtos.

Essas empresas viram a prestação de serviços como um novo caminho para crescimento, ao reconhecer que serviços em combinação com produtos poderiam proporcionar maior valor agregado e lucro do que os produtos sozinhos.

Um bom exemplo é a IBM, que começou a vender seus servidores alugados por hora (serviço de hospedagem gerenciada) em vez da venda de unidades de desses servidores. Clientes que antes precisavam ter ambientes apropriados para a instalação destes servidores, bem como equipe especializada para manutenção, geradores em caso de energia e etc. passaram a pagar por tudo isso em um valor fixo por hora de uso.

Outros exemplos famosos incluem:

  • Modelo pay-per-copy (pague por impressão) da Xerox ao invés da venda de impressoras;
  • O pacote de serviços Power-by-the-Hour (força por hora) da Rolls-Royce para motores de aeronaves, pelo qual os serviços de manutenção, reparo e revisão são cobrados por hora de voo;
  • Serviço da Air Contract da Atlas Copco, em que compressores de ar são vendidos por m³ de ar comprimido gerado;
  • O modelo pay-per-lux (pague por luz) da Philips para a venda de equipamentos de iluminação, em que os clientes pagam pelo nível prometido de iluminação em um prédio;
  • Solução de gerenciamento de frota da Michelin, segundo a qual os pneus de caminhões são vendidos por quilômetro rodado.

Esse modelo também é conhecido como modelo de negócios orientado a função.

O Business Model Canvas do Modelo de Negócio de Servitização

Empresas que adotam o Modelo de Servitização possui o seguinte modelo canvas

Modelo de Servitização - Business Model Canvas

Como o Modelo de Negócio de Servitização Ganha Dinheiro

O Modelo de Negócio de Servitização ganha dinheiro ao cobrar por unidades de serviço em vez de unidades de produto. Esta unidade de serviço pode ser, por exemplo, horas em que uma série de produtos e serviços são agrupados para oferecer maior valor aos clientes e maior lucratividade para as empresas.

Forças e Fraquezas do Modelo de Negócio de Servitização

Forças – o modelo segue a tendência de clientes desejarem cada vez mais conveniência e respeito ao meio ambiente, reduzindo a quantidade de produtos comprados para poucas horas de uso.

Fraquezas – o modelo pode ser visto como mais caro e como uma ameaça ao retirar poder da mão de certos funcionários e gestores. No início da oferta de servidores por hora, a IBM encontrou resistência de gerentes de informática que achavam que seus departamentos seriam reduzidos e assim seus empregos ficariam em risco.

Como Obter Sucesso com o Modelo de Negócio de Servitização

Para ter sucesso com o Modelo de Negócios de Servitização, as empresas precisam entender quais serviços devem ser agrupados com produtos para oferecer o maior valor agregado aos clientes. A operação se torna mais complexa e só se tornará rentável se estiver corretamente estruturada para ser capaz de atender clientes em escala.

Um modelo com maior oferta de serviços é menos escalável por natureza, por isso é necessário que a precificação acompanhe os custos adicionais e riscos envolvidos para trazer ganhos financeiros.

Empresas que Adotam o Modelo de Negócio de Servitização

  • IBM
  • Xerox
  • Rolls-Royce
  • Philips
  • Michelin
Fontes:
http://www.portaldeconhecimentos.org.br/index.php/por/Conteudo/Sistema-Produto-servico
https://en.wikipedia.org/wiki/Product-service_system
https://www.quora.com/What-are-the-best-examples-of-Product-service-systems-function-oriented-business-model-in-terms-of-improved-sustainability
http://andyneely.blogspot.com.br/2013/11/what-is-servitization.html
http://www.engenhariah.com.br/servitizacao/
http://www.aceleradoradeinovacao.com.br/servitizacao
Resumo
Modelo de Negócio de Servitização ou Product-Service-System (PPS)
Nome do Artigo
Modelo de Negócio de Servitização ou Product-Service-System (PPS)
Descrição
O Modelo de Negócio de Servitização ou Sistema-Produto-Serviço, em inglês Product-Service-System (PSS), oferece uma combinação de produtos e serviços capazes de atender, em conjunto, as necessidades de um usuário. Em um formato mais extremo, as empresas vendem a função do produto em vez do próprio produto em si.
Autor
Nome do editor
O Analista de Modelos de Negócios
Logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOVIDADES NO SEU

EMAIL

Quer ficar por dentro das análises dos mais diversos modelos de negócios do planeta? Assine agora e não perca nenhum novo post!