Modelos Canvas de Empresas

Modelo de Negócio da Tesla

Modelo de Negocio da Tesla

O modelo de negócio da Tesla é conhecido como Direct-to-Consumer (D2C). Diferente das grandes empresas do setor automobilístico, a Tesla vende seus carros diretamente para os consumidores finais sem usar as tradicionais concessionárias de automóveis.

O Nascimento – Modelo de Negócio da Tesla #1

O fabricante de automóveis foi fundada em 2003 com o objetivo de criar um veículo esportivo totalmente elétrico para o mercado. Ele conseguiu, e sob o comando do empreendedor serial Elon Musk (que começou como apenas um investidor e depois virou CEO), a empresa cresceu para vender quase 100 mil veículos por ano.

Elon Musk - Tesla

A empresa nasceu com a missão de “acelerar o desenvolvimento do transporte sustentável, trazendo potentes carros elétricos para o mercado de massa o mais rápido possível”. Esta missão serviu como espinha dorsal para o seu sucesso.

Em 2 de agosto de 2006, Elon escreveu um post no blog no site da Tesla revelando seu Master Plan (plano-mestre). Este plano detalhava diferentes fases e estratégias a serem adotadas ao longo do tempo, deixando claro que o modelo de negócio da Tesla seria um modelo mutante.

Você pode ler o Master Plan clicando aqui (texto em inglês) mas, em resumo, o plano é:

  • Construa um carro esportivo (e caro) – Fase 1
  • Use o dinheiro das vendas desse carro para construir um carro acessível (= mais barato, mas ainda caro) – Fase 2
  • Use esse dinheiro para construir um carro ainda mais acessível (= valor médio de um carro bom) – Fase 3
  • Ao fazer acima, também fornecem opções de geração de energia elétrica de emissão zero (Solar City)

Elon Musk disse que “Se pudéssemos ter [um primeiro produto já criado para o mercado de massa], nós teríamos, mas isso simplesmente não era possível para uma startup que nunca criou um carro e que nunca teve experiêncai em desenvolvimento de tecnologia e produção com economia de escala. Nosso primeiro produto seria caro, independente do seu design, então decidimos construir um carro esportivo, pois nos pareceu ter mais chances de ser competitivo com as alternativas de gasolina”.

Foi com base nisso que a Tesla adotou uma abordagem única para obter seu primeiro veículo no mercado. Em vez de tentar construir um carro relativamente acessível que poderia produzir e comercializar em massa, tomou a abordagem oposta, concentrando-se criar um carro caro mas com tecnologia elétrica e desempenho convincente.

Modelo de Negócio da Tesla - Fase 1 - Business Model Canvas

Então, Tesla entregou ao mercado o primeiro Carro esportivo elétrico de alto desempenho, o Tesla Roadster. A empresa vendeu cerca de 2.500 Roadsters antes de terminar a produção em janeiro de 2012, gerando dinheiro suficiente para bancar o desenvolvimento de um carro elétrico mais acessível.

O Próximo Estágio – Modelo de Negócio da Tesla #2

Uma vez que a Tesla estabeleceu sua marca e produziu e entregou seu primeiro carro ao mercado, ela evolui para tornar seu modelo de negócio ainda mais inovador. O modelo da Tesla se baseia em uma abordagem tripla para a venda, serviços e cobrança de seus veículos elétricos.

Vendas diretas

Loja Tesla - Venda Direta

Ao contrário de outros fabricantes de automóveis que vendem através de concessionárias em um modelo de franquia, a Tesla usa vendas diretas. Criou uma rede internacional de lojas próprias para expor seus carros, principalmente em centros urbanos proeminentes em todo o mundo. Ao dominar o seu próprio canal de vendas, a Tesla acredita que pode ganhar uma vantagem na velocidade de desenvolvimento de seus produtos, criar uma melhor experiência de compra de clientes e aumentar suas margens. Ao contrário das concessionárias de automóveis, as salas de exposições Tesla não têm conflito de interesses. Incluindo as salas de exposição, os centros Service Plus (uma combinação de varejo e centro de serviços) e instalações de serviços, a Tesla possui 212 locais ao redor do mundo (números de 2016). A Tesla também usou as vendas diretas via Internet para permitir que consumidores pudessem personalizar seus carros online, uma variação do modelo D2C conhecido como customização em massa.

Serviço

Serviços de Manutenção Tesla

A Tesla combinou muitos centros de vendas com centros de atendimento. Eles acreditam que abrir um centro de serviços em uma nova área corresponde ao aumento da demanda dos clientes. Como resultado, eles combinaram sua estratégia de vendas diretas com centros de serviço em seu conceito de varejo recém-expandido chamado “Service Plus”. Os clientes podem cobrar ou atender seus veículos nos centros de serviço ou nos locais do Service Plus. Além disso, em certas áreas, Tesla emprega o que chama Tesla Rangers – técnicos móveis que podem atender veículos da sua casa. Às vezes, nenhum técnico no local é obrigatório. O Modelo S, pode carregar dados de forma sem fio para que os técnicos possam visualizar e solucionar alguns problemas on-line sem precisar tocar fisicamente no carro. Em 31 de dezembro de 2014, existem 95 locais de serviço Tesla e mais a caminho.

Rede de Superchargers

Tesla Super Charger

A Tesla criou sua própria rede de estações de Supercharger, onde os motoristas podem carregar completamente seus veículos Tesla de graça, em cerca de 30 minutos. A premissa por trás da construção e propriedade dessas estações é acelerar a taxa de adoção para carros elétricos. Sem poder contar com a enorme rede de postos de combustíveis disponíves para carros a combustão, os carros elétricos enfrentam um enorme obstáculo para a adoção em massa. O plano da Tesla contempla um contínuo crescimento da rede de estações de Supercharger nos Estados Unidos, Europa e Ásia.

Outros Produtos Tesla

Baterias – Se você se lembra, parte da missão da Tesla é “acelerar o advento do transporte sustentável”. Para esse fim, a Tesla vende sistemas de transmissão e componentes para outros fabricantes de automóveis. Em abril de 2015, também introduziu uma linha de baterias domésticas, denominadas Powerwall, que servem como sistemas de armazenamento de energia em residências. Para aumentar a participação no segmento residencial a Tesla se fundiu com a SolarCity (empresa de painéis fotovoltáicos que também possui Elon Musk como sócio).

Tesla Powerwall

Financiamento – A Tesla também oferece serviços financeiros, semelhante ao de outros fabricantes de automóveis, como a General Motors. Isso inclui empréstimos e financiamentos. Para alguns dos programas de financiamento, oferecem uma clásula de garantia de valor de revenda. Isso proporciona alguma proteção contra possíveis prejuízos no valor de um veículo se o cliente quiser revendê-lo.

Modelo de Negócio da Tesla - Fase 2 - Business Model Canvas

Mudanças no Plano

Primeiro a Tesla apenas fabricou e vendeu um modelo de seus automóveis ao mesmo tempo – o Roadster esportivo. Depois, quando introduziu o sedan, denominado Modelo S, em junho de 2012, parou de produzir o Roadster.

No entanto, este plano inicial foi alterado significativamente. Em primeiro lugar, Tesla resolveu construir o Modelo X, um SUV, com a mesma plataforma do Modelo S, em paralelo. O problema nessa mudança é que Elon Musk e sua equipe subestimaram o custo para produzir e levar esses carros a mercado ao mesmo tempo. Como resultado, para financiar o Modelo S, a Tesla abriu seu capital em junho de 2010 (as receitas do Roadster não foram suficientes para custear dois novos a partir do zero).

Além de abrir seu capital, a Tesla captou uma quantia significativa de dinheiro através da venda de ações adicionais:

  • US $ 738 milhões em 2015
  • US $ 1,5 bilhão em 2016
  • US $ 1,15 bilhão em 2017

Esses aumentos de capital serviram para financiar a criação do Modelo 3 e a produção do Gigafactory (fábrica de bateria da Tesla em Nevada) que permitiriam que a Tesla entrasse em sua 3a. fase do seu Masterplan.

Tesla Gigafactory

Fase atual e Futuro – Modelo de Negócio da Tesla #3 e #4

O modelo de negócios da Tesla agora é produzir um carro elétrico bom, mas acessível (o Modelo 3) e obter um bom lucro em cada carro vendido, principalmente através da redução do custo das baterias (que é o objetivo da Gigafactory).

Modelo de Negócio da Tesla - Fase 3 - Business Model Canvas

Para o futuro plano de negócios da Tesla de acordo com Elon Musk, veja o Plano Diretor, Parte Dois (leia clicando aqui).

Então, em resumo, o Master Plan parte dois é:

  • Crie telhados solares deslumbrantes com armazenamento de bateria perfeitamente integrado
  • Expanda a linha de produtos de veículos elétricos para atender todos os principais segmentos (Incluindo Caminhões e outros veículos de transporte de carga)
  • Desenvolva uma capacidade de auto-condução que seja 10X mais segura do que o manual através de uma massiva aprendizagem de frota (Carros 100% autônomos)
  • Ative seu carro para ganhar dinheiro com você quando você não estiver usando

Modelo de Negócio da Tesla - Fase 4 - Business Model Canvas

Como a Tesla Ganha Dinheiro

A Tesla até hoje não ganhou dinheiro. Sua grande aposta esta no lançamento do Modelo 3 juntamente com a produção de baterias pela Gigafactory, que permitirá que ela venda um grande volume de carros a um valor de mercado que permita uma boa margem.

No futuro, a empresa pretende gerar fontes de receitas de suas soluções de energia solar para residências e no marketplace de aluguel de carros Tesla que estejam disponíveis (não estejam em uso pelo dono em determinado período do dia).

Fontes:
http://www.investopedia.com/articles/active-trading/072115/what-makes-teslas-business-model-different.asp
https://waitbutwhy.com/2015/06/how-tesla-will-change-your-life.html
http://www.businessinsider.com/tesla-business-model-in-trouble-2017-5
https://pt.slideshare.net/bmi-lab/case-study-tesla-business-model-innovation
https://www.quora.com/What-is-Teslas-business-model
https://www.wsj.com/articles/the-long-and-short-of-teslas-business-model-1493231181
Resumo
Modelo de Negócio da Tesla
Nome do Artigo
Modelo de Negócio da Tesla
Descrição
O modelo de negócio da Tesla é conhecido como Direct-to-Consumer (D2C). Diferente das grandes empresas do setor automobilístico, a Tesla vende seus carros diretamente para os consumidores finais sem usar as tradicionais concessionárias de automóveis.
Autor
Editor
O Analista de Modelo de Negócios
Logo
Daniel Pereira

Daniel é maluco por negócios e não consegue deixar de usar o Business Model Canvas para analisar os mais diversos tipos de Modelos de Negócios. Ele é o Analista de Modelos de Negócios

Você também pode gostar...
Modelo Canvas Nespresso
Modelo de Negócio da Nepresso
Uber - O Analista de Modelos de Negócios
Modelo de Negócio do Uber
3 Comentários
  • Carlos Eduardo Evangelista Moreira nov 6,2017 em 07:42

    Excelente artigo !

  • Guiro Alves nov 6,2017 em 07:02

    Olá Daniel, parabéns pelo trabalho.
    Não entendi o por que das recargas gatuitas estarem no quadro de receitas no primeiro Canvas.
    Seria uma ação pra gerar mais vendas e então receita?
    Um grande abraço e Obrigado.

    • Daniel Pereira nov 6,2017 em 14:02

      Fala Guiro! Tudo bem? Sim, é mais ou menos por aí. A gratuidade é uma estragégia de preço e consequentemente costuma ser retratada no quadrante de fluxo de receitas. É o que acontece no caso dos modelos freemium, onde a gratuidade serve de atrativo para os clientes.

Deixe o seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Seu Site